Saúde da população LGBT pauta conferência em Araguari

A iniciativa da 1.ª Conferência de Saúde de Araguari mobiliza discentes e docentes do curso de Medicina do IMEPAC

Por Admin 18/09/2017 - 23:03 hs
Foto: Divulgação
Saúde da população LGBT pauta conferência em Araguari
O Programa Abertamente é uma iniciativa de discentes e docentes do curso de Medicina do IMEPAC

O IMEPAC – Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos de Araguari, por meio do Programa Abertamente, realiza nesta terça-feira (19), às 19h, na Casa da Cultura Abdala Mameri, a 1ª Conferência de Saúde LGBT. O objetivo do Programa Abertamente é viabilizar e implementar concretamente a Política de Atenção à Saúde Integral da População LGBT, conforme a Portaria 2.836, de 1º de dezembro de 2011.

O Programa Abertamente é uma iniciativa de discentes e docentes do curso de Medicina do IMEPAC, e a conferência é realizada em parceria com a prefeitura municipal, por meio da FAEC – Fundação Araguarina de Educação e Cultura.


O Programa Abertamente será realizado em várias etapas, com o respaldo de uma Comissão de Ética. Na primeira, que acontece com a conferência, a principal intenção é conhecer a população LGBT, para quem será exposta a proposta para depois criar um plano de cuidado de acordo com a demanda.

Segundo Marislene Pulsena, coordenadora do Programa, o mais importante é o convite à população LGBT. Ña opinião dela não tem como fazer o projeto sem conhecer a população, sem que eles se manifestem. "Depois de fazer o diagnóstico e levantamento da demanda, vamos adequar o plano de cuidado da população”, ressaltou a coordenadora.

Partindo do princípio da equidade, que trata diferentemente os desiguais, o programa é independente de quaisquer questões políticas, religiosas, partidárias ou ideológicas. “O esclarecimento à população LGBT através desse programa é totalmente desvinculado das questões de julgamento”, afirmou Pulsena, esclarecendo que a temática em questão vem ganhando espaço e reconhecimento por apresentar necessidades específicas e complexas.

De acordo com o seu planejamento, o Programa Abertamente tem início com a conferência, após a qual surgirão palestras, seminários, e outras ações. Segundo Pulsena, a 1ª Conferência LGBT é uma Conferência acadêmica, no sentido de discussão sobre o tema entre os pares e palestras, e tem o objetivo de informar essa população sobre a proposta.

"Contamos com uma equipe multiprofissional com médicos, assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras, infectologistas, ginecologistas, dentre outros, que vão fazer o diagnóstico e dar sequência à outras ações. Depois de saber quem é essa população, quais são os fatores de risco e determinantes sociais a que estão submetidos, o município será envolvido para que profissionais sejam capacitados no sentido de minimizar esses fatores de risco e para melhor acolhimento à população LGBT”, finalizou a coordenadora.

Com informações da Ascom/Prefeitura de Araguari