Prefeitura destina 14 toneladas de pneus usados para reciclagem

Coleta de pneus inservíveis é feita pela secretaria municipal de Meio Ambiente, em parceira com a equipe de Zoonoses, da secretaria de Saúde

Por Admin 15/09/2017 - 17:44 hs
Foto: Ascom/Prefeitura de Araguari
Prefeitura destina 14 toneladas de pneus usados para reciclagem
O local de coleta e armazenagem de pneus inservíveis funciona no Eco Ponto, na Estrada para a Ponte Preta, ao lado do Cemitério Parque

Problema comum em muitas cidades, os pneus usados, que inclusive são criatórios do mosquito Aedes aegypti, muitas vezes não têm seu destino correto. Em Araguari, a prefeitura, por meio das ações desenvolvidas pela secretaria de Meio Ambiente, em parceira com a equipe de Zoonoses, da secretaria de Saúde, realiza a coleta de pneus inservíveis.


Nesta semana, foi encaminhada para reciclagem uma carga com aproximadamente 14 toneladas de pneus. O material recolhido é proveniente de consumidores, borracharias e das coletas promovidas pela secretaria municipal de Saúde em dias de mutirão, e também do Eco Ponto.

De acodo com a prefeitura, o local para coleta de pneus inservíveis funciona no Eco Ponto, na Estrada para a Ponte Preta, ao lado do Cemitério Parque. A entrega pode ser feita todos os dias da semana. Os pneus são armazenados e posteriormente encaminhados à reciclagem.

A prefeitura, por meio da secretaria de Meio Ambiente, também faz a coleta de pneus que não são mais utilizados para rodagem na região do distrito de Amanhece.

No processo de coleta, a Reciclanip é a empresa responsável pelo transporte. Segundo a prefeitura, os pneus são encaminhados para destinação final, sendo uma delas o coprocessamento em fornos de usinas, na cidade de Matozinho - MG.
 
Destinação e reciclagem
 
Sempre que chega próximo a 3.000 mil unidades, empresas especializadas que buscam dar destinação ambientalmente adequadas ao resíduo são acionadas para o recolhimento e o reaproveitamento de pneus. Estes podem ser transformados em combustível na indústria de cimento, fabricação de asfalto-borracha, origem de tapetes, pisos para quadras poliesportivas, solas de calçados e dutos de águas pluviais, em atendimento ao que determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que propôs a logística reversa.

O assessor da secretaria de Meio Ambiente, Luiz Cláudio Pereira Costa, lembra que com o crescimento da frota de veículos do Brasil, aumenta também o descarte de pneus inutilizados, que quando jogados ao meio ambiente, a borracha do pneu leva anos para se decompor, causa poluição e ajuda na proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. "Por isso, é extremamente importante que a população esteja consciente e nos ajude nesta causa. O melhor caminho é a reciclagem”, ressaltou o assessor.

Fonte: Ascom/Prefeitura de Araguari