Zona Azul começa a funcionar em caráter experimental em Araguari

A implantação definitiva está prevista para o dia 12 de setembro, quando o sistema passará a custar R$ 1,00 a cada meia hora para o usuário

Por Aloisio Nunes de Faria 31/08/2017 - 12:55 hs
Foto: Portal de Araguari
Zona Azul começa a funcionar em caráter experimental em Araguari
A Avenida Tiradentes terá a cobrança de estacionamento rotativo remunerado em toda a sua extensão. Foto: Portal de Araguari

A prefeitura de Araguari, por meio da secretaria municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana, inicia nesta terça-feira (31/8), o funcionamento, em caráter experimental e educativo, do Sistema de Estacionamento Rotativo Remunerado (Zona Azul), no centro da cidade.

A implantação definitiva está prevista para o dia 12 de setembro, quando o sistema começará a cobrar dos usuários.

De acordo com a secretaria municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana, os 10 primeiros minutos de estacionamento serão gratuitos. A partir desse tempo, o valor é de R$ 1,00 a cada meia hora utilizada. O estacionamento de motos não será cobrado.

O sistema reserva 5% das vagas aos idosos, que terão que pagar como qualquer outro cidadão que usar o estacionamento rotativo.

Já 2% daa vagas estão reservados aos portadores de necessidades especiais, que não serão onerados, mas precisam estacionar nos pontos determinados para eles.

De acordo com a secretaria de Trânsito, ó órgão estuda a possibilidade de realizar a cobrança de estacionamento de veículos nas áreas reservadas a carga e descarga. Por enquanto, os usuários estão autorizados a usar a vaga de forma gratuita, no período entre 18h e 9h30. Após esse horário, o estacionamento será cobrado.

Penalidades

Além de pagar e estacionar corretamente nos locais demarcados, o usuário deverá ficar atento às penalidades a que estará sujeito. Quem estacionar de forma irregular ou além do tempo de duas horas determinado pelo sistema, terá multa no valor de R$ 195,23 e a perda de cinco pontos na CNH-Carteira Nacional de Habilitação.


Cobrança

Ao todo, são 1.800 vagas de estacionamento nos logradouros delimitados (veja mapa abaixo).

O sistema funcionará nos seguintes dias e horários: de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h; aos sábados, das 8h às 13h.

Nos domingos e feriados, não haverá cobrança, e em datas comemorativas o horário será diferenciando, acompanhando o funcionamento do comércio

Já a partir desta quinta-feira, monitores estão abordando os motoristas para informações sobre o sistema e para a venda de tags. A Tag é um dispositivo eletrônico de armazenamento de créditos de estacionamento e identificação do veículo, que faz a cobrança automática da tarifa vinculando o carro do usuário à vaga utilizada.

As tags são gratuitas, mas para usá-las é necessária uma recarga mínima inicial de R$ 50 em cartão digital ativado por aplicativos de celular. Os cartões estarão disponíveis em pontos de venda espalhados ao longo da área da Zona Azul.

O projeto

A empresa Explora Participações em Tecnologia e Sistema de Informação S/A é a responsável pela implantação e gerenciamento do sistema Zona Azul.

Vencedora de licitação para a prestação do serviço, a empresa obteve a concessão para explorar o serviço na cidade por um período de 15 anos, podendo ser renovado por mais 10 anos.

De acordo com a empresa, no total o serviço está orçado em cerca de R$ 62 milhões. O investimento inicial informado é de aproximadamente R$ 5 milhões e a empresa prevê recuperar o investimento em quatro anos e sete meses.

Confira no mapa as ruas e avenidas onde funcionará o sistema Zona Azul:

Divulgação