Araguari prepara a 11.ª edição da Conferência Municipal de Assistência Social

Por Aloisio Nunes 13/06/2017 - 17:21 hs
Foto: Divulgação
Araguari prepara a 11.ª edição da Conferência Municipal de Assistência Social
.

Acontece em Araguari no mês de julho a Conferência Municipal de Assistência Social “Garantia dos Direitos no Fortalecimento do SUAS”, promovida pela Prefeitura Municipal de Araguari através da Secretaria do Trabalho e Ação Social.  O evento será realizado nos dias 12 e 13, no IMEPAC – InstitutoMaster de Ensino Presidente Antônio Carlos.

O SUAS-Sistema Único de Assistência Social é o modelo de gestão utilizado no Brasil para operacionalizar as ações de assistência social. A assistência social é parte do Sistema de Seguridade Social, apresentado pela Constituição Federal de 1988.

A conferência terá quatro eixos temáticos: proteção social não contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a Gestão dos Direitos Socioassistenciais; Gestão Democrática e Controle Social: o lugar da sociedade civil no SUAS; acesso às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais, e legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais.

Para isso, a equipe da secretaria de Trabalho e Ação Social está organizando uma extensa programação. A partir do dia 13 de junho ao dia 29, acontecem as pré-conferências, incluindo nos Distritos de Piracaíba e Amanhece, no intuito de colocar em discussão os temas centrais da Conferência.

De acordo com Eunice Mendes, secretária do Trabalho e Ação Social, o trabalho da Secretaria do Trabalho e Ação Social tem como foco a proteção básica e também a proteção especial destinada a pessoas que sofreram ou sofrem com algum tipo de violência dos seus direitos. “Neste sentido, o evento é de fundamental importância pois, além das atividades que serão promovidas durante a Conferência, serão realizados vários encontros periódicos organizados em diferentes pontos do município a fim de debater a realidade e discutir propostas a serem apresentadas na Conferência Municipal”, salientou a secretária.

“Estes encontros servirão para avaliar a realidade atual e as necessidades do município para que possamos buscar melhorias para o atendimento no cenário local. O mais importante é que essas propostas indicarão as diretrizes para serem apresentadas na Conferência, bem como para elaboração do PPA (Plano Plurianual) e do Plano Municipal da Assistência Social.  Assim, a participação da comunidade e das entidades é fundamental”, finalizou a secretária.